Apiflora

Ir para o conteúdo






CUIDAMOS DA SUA FLORESTA





Apiflora - Associação Agro Florestal é uma entidade sem fins lucrativos e de duração indeterminada.
Inciámos em 2015 a nossa actividade, fruto de interesse de um grupo de proprietários agricolas em se associarem para fazerem face às arbitrariedades que os afligiam, nomeadamente a promoção e apoio técnico nas suas explorações. A falta de informação era a tónica dominante na altura!
Desde a sua criação que presta apoio e acompanhamento mais próximo a todos os seus associados por forma a encontrar a melhor solução com vista à rentabilização das propriedadades dos mesmos.

Destacamos os seguintes serviços:
- Candidaturas aos diversos apoios comonitários
- Parcelário Agricola
- Posto SNIRA
- Aconselhamento Técnico

No âmbito da estreita relação e colaboração com os nossos associados, tem também Apiflora como objectivo a redução de graves problemas já existentes tais como:
- Phytoflora
- Cobrilha da Cortiça
- Cobrilha dos Ramos
- Carvão entre Casco
- Platypus
... ente outros que estão associados à elevada taxa de mortalidade bem como às más práticas florestais, ao excesso de pastoreio e aos longos períodos estivais.

Sediados em Ponte Sôr, encontramo-nos em expansão territorial, tendo criado um novo local de apoio aos agricultores do sul com a abertura de um gabinete em Santiago do Cacém, dispondo deste modo de uma maior área de intervenção.



Os Nossos Serviços

- Associativismo e Extensão Florestal;
- Avaliação de Material Lenhoso;
- Projectos Florestais;
- Formação;
- Levantamentos Perimetrais;
- Planos de Gestão e Ordenamento Florestal;
- Gestão Financeira e Administrativa;
- Execução e Planos de Fogo Controlado;
- Dinamização de Agrupamentos de Produtores;
- Elaboração de Cartografia Digital;
- Equipas de Sapadores Florestais;
- Constituição de Zonas de Intervenção Florestal;
- Diagnóstico e Tratamento de Doenças e Pragas Florestais;
- Diagnóstico e Tratamento de Doenças do Sobreiro;

INFORMAÇÕES SOBRE ZIF

O que são as ZIF?
São espaços contínuos e de ocupação maioritariamente florestal que permite aos proprietários e produtores florestais gerir e rentabilizar correctamente as suas propriedades.
As ZIF foram criadas pelo Decreto-Lei n.º 127/2005 de 5 de Agosto, sendo posteriormente alterado pelo Decreto-Lei n.º 15/2009 de 14 de JaneiroObjectivos das ZIF

Promover a gestão sustentável da floresta e espaços florestais de modo a que se possam:

  • Prevenir os incêndios florestais;
  • Proteger os valores naturais desses espaços e as funções ambientais que eles desempenham;
  • Rentabilizar economicamente os terrenos;
  • Incentivar a recuperação ordenada dos espaços florestais e naturais afectados por incêndios;
  • Tornar mais eficaz a intervenção de todos os agentes com responsabilidades

Quem pode pertencer a uma ZIF?

  • Proprietários\Produtores Florestais
  • Agricultores
  • Órgãos Gestores de Baldios
  • Órgãos da Administração Central e Local

Requisitos para a constituição de uma ZIF

- Unicamente Áreas Privadas
  • Área mínima contínua - 750 ha
  • N.º mínimo de Proprietários - 50
  • N.º mínimo de Prédios Rústicos - 100

- Unicamente Áreas Baldias
  • Área mínima contínua - 5 000 ha
  • Mínimo 5 Unidades de Baldio

- Áreas Privadas + Áreas geridas pela Administração Central e Local ou Áreas Privadas + Áreas Baldias
  • Área mínima contínua - 4 000 ha
  • N.º mínimo de Proprietários - 50
  • N.º mínimo de Prédios Rústicos - 100
(área baldia ou gerida pelos órgãos de administração central ou local não pode ultrapassar 30% da área total)


Como Funcionam?

  • Constituem-se por iniciativa dos proprietários ou produtores florestais, que nomeiam uma Entidade Gestora.
  • A Entidade Gestora elabora o regulamento interno da ZIF e os Planos de Gestão e Específicos de Intervenção Florestal.
  • As decisões sobre a gestão realizar-se-ão com base em critérios técnicos, estabelecidos nos Planos de Gestão, aprovados pelos proprietários aderentes.
  • A Entidade Gestora da ZIF apresenta anualmente em Assembleia Geral de aderentes o Plano de Actividades e o Relatório de Contas.
  • A Entidade Gestora tem de ter obrigatoriamente um centro de custos autónomo para cada ZIF.
  • A Entidade Gestora pode ser substituída por iniciativa dos proprietários e produtores florestais em Assembleia Geral de Aderentes.
  • O funcionamento das ZIF rege-se por um Regulamento Interno, aprovado em Assembleia Geral de Aderentes.


LEGISLAÇÃO








PENSAMOS NO FUTURO, PENSAMOS NA FLORESTA!








CONTACTOS

APIFLORA
ASSOCIAÇÃO AGRO FLORESTAL

Praça da República, nº1, 1º
7400-232 Ponte de Sor
Tel.: 242 207 121

ZIL, Lt 4A
7540-235 Santiago do Cacém
Tel.: 269 902 009 / 927 546 261

A utilização dos link's de e-mail assim como do formulário ao lado apresentado estão sujeitos à nossa Politica de Protecção de Dados. Se não desejar aceitar a mesma, por favor utilize outra de forma de contacto disponibilizada.











Copyright Apiflora/2018
Voltar para o conteúdo